LOST IN Itália | Veneza #1

A viagem pelo norte de Itália (Lombardia e Veneto) levou-me até à magnífica cidade de Veneza!


Veneza, tantas vezes considerada uma das mais belas cidades do mundo, foi um pesadelo para ser construída! A maior parte da cidade está construída sobre terreno pantanoso, na lagoa de Veneza, pertencente ao Mar Adriático. Está localizada num arquipélago desta lagoa, a 4 km de terra firme e a 2 km do mar aberto, com 118 pequenas ilhas separadas por 177 canais e unidas por mais de 400 pontes. Alberga alguns dos maiores e mais pesados edifícios religiosos e administrativos de Itália, bem como as habitações de cerca de 60 mil residentes.

Veneza 1 Veneza 2

Mas então como é que Veneza se mantém à tona de água?

Na sua construção foram enterradas milhares de estacas de madeira, através da água, areia e barro subjacentes. Cada estaca foi posicionada muito próxima da sua vizinha, uma a seguir à outra, acabando por formar uma plataforma de madeira elevada. Os topos foram nivelados e colocada uma camada de madeira e mármore. Foi sobre este substrato que os edifícios de Veneza foram construídos.

Outra parte importante da construção de Veneza foi o sistema de redirecionamento de águas para poder fazer a dragagem de areias e assim construir os canais que tem cerca de 42km de extensão. Depois de tornar os canais navegáveis, iniciou-se a sua fortificação, utilizando estacas, tijolos, barro e, com mais frequência nos últimos anos, cimento, para revestir e fortalecer a sua estrutura nuclear. As estacas de madeiras ainda hoje são usadas porque, quando submersas, a escassez de oxigénio preserva-as extremamente bem.

Hoje em dia, Veneza é protegida por um conjunto de mecanismos de prevenção de cheias, que vão desde a instalação de diques de betão convencionais à volta da cidade a enormes pontões insufláveis na entrada da lagoa (Sistema MOSE).

O centro histórico é totalmente pedonal, sendo que os barcos (vaporettos e gôndolas) são os únicos meios de transporte pelos canais. Veneza esteve isolada de terra firme (algo que em numerosas ocasiões representou um eficiente sistema de defesa) até 1846, data em que foi construída a ponte ferroviária até à principal estação da cidade (Stazione di Venezia Santa Lucia). Em 1933, a Ponte della Libertà, com 4 km de extensão, trouxe o tráfego rodoviário até à entrada da cidade (Piazzale Roma).

IMG_3155 IMG_3157 IMG_3158 IMG_3159 IMG_3160 IMG_3161 IMG_3162

Veneza é classificada como Património da Humanidade pela UNESCO e a lista de locais de interesse é enorme! Dos muitos monumentos e locais turísticos existentes, destacam-se a imponente Basílica de São Marcos, situada na Praça de São Marcos, a famosa Ponte de Rialto sobre o Grande Canal, a Ca’ d’Oro e numerosas igrejas e museus.

Veneza é, ainda, famosa pelos seus certames internacionais, como o Festival de Cinema e a Bienal de Artes, pela Regata Histórica, pelo fabrico de vidro, pelo Carnaval, pelos cassinos e por ser um destino romântico muito procurado.


Nos próximos posts vou falar melhor sobre os pontos de interesse desta cidade encantadora! 😉

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s