LOST IN Marrocos | Marraquexe #1

Marrocos sempre esteve no meu top de preferências de viagens mas, na verdade, só em Outubro de 2014 é que tive oportunidade de fazer um pequeno circuito por terras marroquinas. A viagem começou por Marraquexe…


  • Os Souks (zocos)

Quando se pensa em Marraquexe a palavra “compras” vem logo ao pensamento. Pois bem, realmente esta cidade é um mercado a céu aberto. Aquela ideia de cores intensas, cheiros fortes e grande azáfama comercial define os souks. Um misto de oportunidade de negócio fácil para os marroquinos com um desejo desenfreado de comprar pechinchas por parte dos turistas fazem com que Marraquexe não se livre da fama de ser dos mercados mais concorridos do norte de África. O comércio é bem agressivo; basta o vulgo turista olhar ou tocar em algo exposto que o marroquino avança logo com um preço (quase sempre alto) na tentativa de fazer o melhor negócio. Aqui entra a arte de “marralhar” preços! Quem mais discute melhor negócio faz! É mesmo este o espírito do comércio dos souks marroquinos. Os produtos são mais que muitos mas o grande destaque são as especiarias, os incensos, os chás, os produtos de cosmética (óleo de argão!), os tapetes, as peças em couro e os artigos de iluminação. Vai ser difícil escolher! Os souks tem uma estrutura bastante labiríntica e, para ajudar, as poucas ruas identificadas com nome estão em árabe. Pedir ajuda a algum local para encontrar o caminho pode ser perigoso (falo por experiência própria!) e não dispensa o pagamento final de alguns dirahms. Aliás, toda e qualquer simpatia por parte do povo marroquino costuma ter como propósito alguns dirahms! Acima de tudo está o negócio! IMG_2268 IMG_9176 IMG_2331 IMG_2340 Existe uma zona central, a praça Jemaa el-Fna (Património Mundial da UNESCO), também comercial e rodeada de pequenos restaurantes típicos, onde podem ser encontrados os conhecidíssimos encantadores de serpentes. As cobras estão mesmo a solta e, para susto de quem não gosta desses répteis, por vezes eles vem coloca-las no pescoço dos turistas e só as tiram quando sacam uma nota! Bonito de ver… de longe! Com o cair da noite, a praça de Jemaa el-Fna ganha novas cores porque os comércios ficam abertos até bem tarde! IMG_2335IMG_2339


  • A Koutoubia

A Koutoubia é a maior mesquita da cidade de Marraquexe e um dos seus monumentos mais representativos, sendo também o edifício mais alto (a torre alcança os 69 metros de altura e 12,8 de largura). Situa-se junto à praça Jemaa el-Fna e serviu de modelo para as mesquitas de Rabat e Sevilha. O nome deriva do árabe al-Koutoubiyyin, que significa bibliotecário, pois a mesquita costumava estar rodeada por vendedores de manuscritos. Hoje em dia está rodeada de jardins onde alguns artesãos vendem trabalhos em couro, estatuetas, pinturas e adereços de bijuteria. IMG_2333 IMG_2337IMG_2332IMG_2334


A viagem por Marraquexe continua nos próximos posts! Até lá, vão-se perdendo por aí…

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s